Aipo para substituir o sal de cura na cura de carnes?

É possível usar o aipo em pó ou outro vegetal que tenha nitrato naturalmente presente em sua composição para substituir o sal de cura no processo de cura de carnes, como linguiças, salsichas e salames?

O aipo em pó é uma ótima fonte de nitrato e isso comprova que os vegetais contém uma grande quantidade de nitrato naturalmente em sua composição, consequentemente consumimos diariamente esse composto mesmo sem ingerir um único embutido cárneo. Entretanto o elemento que atua na conservação, coloração e sabor da carne é o nitrito e não o nitrato. O nitrato tem que ser convertido em nitrito durante o processo de cura. Essa conversão pode ocorrer através da saliva humana(que não ajuda neste caso) ou com a ação de bactérias geralmente presentes naturalmente na flora da carne. Mas é um processo lento e gradual e por isso mesmo o sal de cura 2, que é utilizado em curas longas como salame e copa, contém nitrato além do nitrito, para que o processo de cura e proteção seja prolongado pelo tempo em que a carne fica dessecando e maturando. Portanto para utilizar o aipo(que contém apenas nitrato) é recomendável acrescentar uma cultura que garanta essa conversão(ou redução) do nitrato em nitrito.

Outro problema é a quantidade, quanto aipo devo utilizar? O aipo orgânico contém mais nitrato do que o aipo produzido com agrotóxicos? São questões que precisam ser levadas em conta.

É importante ter em mente que utilizando o sal de cura industrial ou o aipo não faz diferença química pois o composto é o mesmo. Há quem prefira fazer seus produtos sem aditivos por temer riscos à saúde, mas se essa é a questão então não há diferente entre o composto vegetal ou o obtido em processo industrial.

A orientação do ministério da agricultura, pecuária e abastecimento(MAPA) para embutidos cárneos é utilizar o sal de cura dentro das quantidades estabelecidas. É um aditivo aprovado pelos orgãos de saúde de praticamente todo o mundo. A toxina botulínica, gerada pelo clostridium botulinum, é a toxina mais potente que existe. O nitrito de sódio do sal de cura é justamente o composto que inibe a proliferação desta bactéria. Não é sem motivo que o MAPA obriga o uso do sal de cura na maioria dos embutidos comercializados. Existe um risco e o nitrito é uma garantia a mais de proteção!

Caso vá fazer uma linguiça em casa e consumir imediatamente, então não há necessidade de usar o sal de cura nem o aipo. Mas em defumados, maturados ou produtos destinados à comercialização não é aconselhável e na maioria dos casos nem permitido elaborar sem a proteção do sal de cura(nitrito). 

Qual é o veneno mais potente do mundo?
É a toxina botulínica, uma proteína produzida pela bactéria Clostridium botulinum causadora do botulismo, intoxicação alimentar rara, mas que pode ser fatal… no humano, a dose letal da toxina botulínica é de apenas 0,4 nanograma por quilo. Um nanograma equivale a um bilionésimo de grama. Ou seja, para aniquilar um jovem de 50 quilos, por exemplo, seria preciso apenas irrisórios 20 nanogramas do composto!
fonte: https://super.abril.com.br/mundo-estranho/qual-e-o-veneno-mais-venenoso-do-mundo/

Qual é o modo de transmissão do botulismo(toxina botulínica)?
O botulismo alimentar ocorre por ingestão da toxina presente em alimentos contaminados e/ou conservados de maneira inadequada. Os mais comumente envolvidos são os produtos cárneos e as conservas vegetais produzidos de forma artesanal ou caseira.
http://www.saude.sp.gov.br/resources/cve-centro-de-vigilancia-epidemiologica/areas-de-vigilancia/doencas-transmitidas-por-agua-e-alimentos/botulismo.html

Fotos e imagens
 
 
 
 
 
Áudio e Vídeo
 
 
 
 
 
Outros tipos de arquivos
 
 
 
 
 
1 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
  Subscribe  
novo antigo mais votado
Notificação de
lmachite

Bom dia. Sabe dizer se existe alguma característica física na carne contaminada com a toxina botulínica, tipo cheiro forte, coloração específica, etc. Ou um embutido considerado normal pode apresentar a toxina. Essa eh uma dúvida constante. Obrigado.